Show simple item record

dc.creatorSilva, Rafaela Talita Araújo da
dc.date.accessioned2022-05-27T14:15:42Z
dc.date.available2022-05-27T14:15:42Z
dc.date.issued2021-12-21
dc.identifier.citationSILVA, Rafaela Talita Araújo da ; OLIVEIRA, Wendhy Ferreira de; MOTA, Bianca Oleseski . Estudo sobre a importância da hospitalidade no estabelecimento comercial alimentício, localizado no município do Cabo de Santo Agostinho - Pernambuco.2021.34f. TCC (Curso Superior de Tecnologia em Hotelaria) - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Pernambuco, Cabo de Santo Agostinho, 2021.pt_BR
dc.identifier.urihttps://repositorio.ifpe.edu.br/xmlui/handle/123456789/615
dc.description.abstractThe need for shelter for commercial travelers and pilgrims who made long journeys concomitantly led to the development of different types of accommodation, as well as support structures for the realization of meals. Over the years and technological advances (in terms of transport and mass media) there has been an intensification of tourist travel, and, consequently, of concern with the implementation of hospitality. Currently, hospitality is a widely studied phenomenon, as, in addition to its importance for the development of tourism, it can impact the tourist flow and hotel occupancy rates. And although Brazilian hospitality is highlighted in several surveys, including the study of international tourism demand prepared by the Institute of Economic Research Foundation published in 2021, there are questions raised about the professionalization of hospitality in commercial terms, including within the establishments of food and beverages. Thus, a survey was conducted to understand the training and experience of professionals in the area of A&B, as well as analyzing their propensity for genuine hospitality, following the principles presented by Blain and Lashley (2014), in an A&B establishment located in municipality of Cabo de Santo Agostinho (Pernambuco). From this one can see big differences in terms of training among the interviewees and a greater propensity to hospitality of those interviewed who have better professional training and more experience in working in the area.pt_BR
dc.format.extent34 p.pt_BR
dc.languagept_BRpt_BR
dc.relation(BOFF, 2005) -- BOFF, Leonardo. Virtudes para um outro mundo possível: hospitalidade. Petrópolis: Vozes, 2005. (CAMARGO, 2005, p. 45). - CAMARGO, Luiz Octávio de Lima. Hospitalidade. 2.ed. São Paulo: Aleph, 2005. – (Coleção ABC do Turismo). (CASTELLI, 2017) -- CASTELLI, Geraldo. Hospitalidade: a inovação na gestão das organizações prestadoras de serviços. 2. ed. São Paulo: Saraiva, 2017. CAMARGO, Luiz Octávio de Lima Hospitalidade. São Paulo: Aleph, 2004. GOTMAN, Anne. Le sens de l’hospitalité. Paris: Presses Universitaires de France, 2001. CAMARGO, Luiz Octávio de Lima. Hospitalidade. São Paulo : ALEPH, 2004 CAMARGO, Luiz Octávio de Lima - As leis da hospitalidade: Revista Brasileira de Pesquisa em Turismo 15, 2021 CAMARGO, Luiz Octávio de Lima. Hospitalidade. São Paulo: Aleph, 2004. Coleção ABC do Turismo. Castelli (2006) --- CASTELLI, Geraldo. Gestão Hoteleira. São Paulo: Saraiva, 2006 Castelli (2017) === CASTELLI, Geraldo. Hospitalidade: a inovação na gestão das organizações prestadoras de serviços. 2. ed. São Paulo: Saraiva, 2017. CASTELLI, Geraldo. Gestão Hoteleira. São Paulo: Ed. Saraiva, 2006. Estudo: “State of the Connected Customer” (Salesforce 2018) Gotman, Anne. (2009) O Comércio da Hospitalidade é Possível? Revista Hospitalidade, v. 6 (2), p. 3-27. https://g1.globo.com/ba/bahia/carnaval/2020/noticia/2020/02/26/carnaval-de- salvador-854-mil-turistas-visitaram-capital-baiana-durante-folia-aponta- prefeitura.ghtml https://www.ecommercebrasil.com.br/noticias/estudo-revela-que-clientes-estao- muito-mais-exigentes/ https://www.salesforce.com/form/pdf/state-of-the-connected-customer-2nd- edition/ KANT, Immanuel. A paz perpétua: Um projecto Filosófico, Tradutor: Artur Morão, disponível no site mailto:http://www.lusosofia.net/textos/kant_immanuel_paz_perpetua.pdf, acessado em 20/09/2011 LASHLEY, Conrad. Hospitalidade e hospitabilidade. Revista Hospitalidade. São Paulo, v. XII, n. especial, p. 70-92, mai. 2015. (LASHLEY, LYNCH, MORRISON, 2007) -- LASHLEY, C.; LYNCH, P.; MORRISON, A. (eds.). Hospitality: a social lens. Amsterdam: Elsevier, 2007. LASHLEY, Conrad. Para um entendimento teórico. In: LASHLEY, Conrad, MORRISON, Alison. Em busca da hospitalidade: perspectivas para um mundo globalizado. Barueri: Manole, 2004. MARICATO, Percival. Como montar e administrar bares e restaurantes. São Paulo : SENAC, 2007.pt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectHospedagem - Serviçospt_BR
dc.subjectLazer- Alimentospt_BR
dc.subjectLazer- bebidaspt_BR
dc.subjectFormação Espacializadapt_BR
dc.titleEstudo sobre a importância da hospitalidade no estabelecimento comercial alimentício, localizado no município do Cabo de Santo Agostinho - Pernambucopt_BR
dc.typeTCCpt_BR
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/8508164602990817pt_BR
dc.contributor.advisor1Delgado, Anna Karenina Chaves
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/8629055026932946pt_BR
dc.contributor.referee1Medeiros, Rafael Augusto Batista de
dc.contributor.referee2Albuquerque, Mariene Cavalcante Borba de
dc.contributor.referee1Latteshttp://lattes.cnpq.br/3068755920585780pt_BR
dc.contributor.referee2Latteshttp://lattes.cnpq.br/0055323358300944pt_BR
dc.publisher.departmentCabopt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.subject.cnpqOUTROSpt_BR
dc.description.resumoA necessidade de abrigo para os viajantes comerciais e peregrinos que faziam longos percursos levou concomitantemente ao desenvolvimento de diferentes tipos de meios de hospedagem, assim como, estruturas de apoio para a realização das refeições. Com o passar dos anos e os avanços tecnológicos (em 4 termos de transportes e meios de comunicação de massa) houve uma intensificação das viagens turísticas, e por consequência, da preocupação com a implementação da hospitalidade. Atualmente, a hospitalidade é um fenômeno amplamente estudado, pois, além da sua importância para o desenvolvimento do turismo, pode impactar no fluxo turístico e nas taxas de ocupação hoteleira. E apesar da hospitalidade do brasileiro ser destaque em diversas pesquisas, dentre elas o estudo da demanda turística internacional elaborado pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (FIPE) publicada em 2021, há questionamentos feitos sobre a profissionalização da hospitalidade em termos comerciais, inclusive dentro dos estabelecimentos de alimentos e bebidas. Dessa forma, fez-se uma pesquisa visando entender a formação e experiência dos profissionais da área de A&B, assim como, analisando sua propensão a hospitalidade genuína, seguindo os princípios apresentados por Blain e Lashley (2014), em um estabelecimento de A&B localizado no município do Cabo de Santo Agostinho (Pernambuco). A partir desta pode-se perceber grandes diferenças em termos de formação entre os entrevistados e uma maior propensão à hospitalidade daquele entrevistado que possui uma melhor formação profissional e mais experiência de atuação na área.pt_BR
dc.creator.name2Oliveira, Wendhy Ferreira de
dc.creator.Lattes2http://lattes.cnpq.br/6576107748992847pt_BR
dc.creator.ID30000-0002-0745-6380pt_BR
dc.creator.Lattes3http://lattes.cnpq.br/4357246893582572pt_BR
dc.creator.name3Mota, Bianca Oleseski


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record