Show simple item record

dc.creatorCosta, Walkíria Nádja Oliveira Correia da
dc.date.accessioned2018-07-31T12:14:51Z
dc.date.available2018-07-31T12:14:51Z
dc.date.issued2016-08-26
dc.identifier.citationCOSTA, Walkíria Nádja Oliveira Correia da. Lantas medicinais como potencialidades pedagógicas no ensino de Ciências e na Educação Ambiental. 2016. 91 f. Dissertação (Mestrado) - Curso de Mestrado em Gestão Ambiental, Dpe, Ifpe, Recife, 2016.pt_BR
dc.identifier.urihttps://repositorio.ifpe.edu.br/xmlui/handle/123456789/45
dc.description.abstractIn the school space, encouraging students to reflect on everyday issues and having a social relevance, as is the case of the traditional culture that involves medicinal plants, emerges as an important pedagogical proposal to awaken the practice of environmental education. The objective of this work was to approach medicinal plants as a potential pedagogical strategy for the practice of environmental education in science education at Edmur Arlindo de Oliveira State School, located in the municipality of Jaboatão dos Guararapes-PE. The field research was from November 2015 to June 2016 and had as participants: the professor of sciences and biology (researcher), three collaborating professors (IFPE researchers), IFPE PIBIC and PIBEX scholarship students and a group of students from the Elementary school (7th grade A / 8th grade A) and high school (1st year / 2nd grade A) of the school under study. It is an action research, with a qualitative approach and ethnographic character. Data collection instruments were used semi-structured questionnaires, interviews, videotapes, written and photographic records. There were lectures, workshops and practical activities, focused on the content of medicinal plants, as training activities. It was found that the majority of school science teachers do not include the content "medicinal plants" in their pedagogical plans, nor are there any projects or activities in the area of environmental education in the school. The students' interest in studying and deepening their knowledge about medicinal plants was identified. It was observed that the training activities offered to the students contributed significantly to the increase of the knowledge and the rescue of the traditional culture of the medicinal plants. From the needs identified in the research, the present work shows itself as a pedagogical proposal, with an interdisciplinary character, that can be applied in the school space, contemplating the disciplines of biology and chemistry.pt_BR
dc.format.extent91p.pt_BR
dc.languagept_BRpt_BR
dc.publisherInstituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Pernambucopt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectEspaço Escolarpt_BR
dc.subjectInterdisciplinaridadept_BR
dc.subjectEstratégia pedagógicapt_BR
dc.subjectGestão Ambientalpt_BR
dc.titlePlantas medicinais como potencialidades pedagógicas no ensino de Ciências e na Educação Ambientalpt_BR
dc.typedissertacaopt_BR
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/2723274470065083pt_BR
dc.contributor.advisor1Rodrigues, Sofia Suely Ferreira Brandão
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/0334362738495768pt_BR
dc.contributor.advisor-co1Frutuoso, Maria Núbia Medeiros de Araújo
dc.contributor.advisor-co1Latteshttp://lattes.cnpq.br/0599974853654811pt_BR
dc.contributor.referee1Carvalho, Renata Maria Caminha Mendes de Oliveira
dc.contributor.referee2Lima, Analice de Almeida
dc.contributor.referee1Latteshttp://lattes.cnpq.br/4312346687923790pt_BR
dc.contributor.referee2Latteshttp://lattes.cnpq.br/2273105974559580pt_BR
dc.publisher.initialsIFPEpt_BR
dc.publisher.departmentCampus Recifept_BR
dc.publisher.programMestrado Profissional em Gestão Ambientalpt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.subject.cnpqCIENCIAS BIOLOGICAS::BOTANICApt_BR
dc.description.resumoNo espaço escolar, estimular os estudantes a refletir sobre assuntos do cotidiano e que tenha uma relevância social, como é o caso da cultura tradicional que envolve as plantas medicinais, desponta como uma proposta pedagógica importante para despertar a prática da educação ambiental. O objetivo deste trabalho foi abordar as plantas medicinais como uma potencial estratégia pedagógica para a prática de educação ambiental no ensino de ciências na escola estadual Edmur Arlindo de Oliveira, localizada no município de Jaboatão dos Guararapes-PE. A pesquisa de campo foi de novembro de 2015 a junho de 2016 e teve como participantes: a professora de ciências e biologia (pesquisadora), três professoras colaboradoras (pesquisadoras do IFPE), alunos bolsistas PIBIC e PIBEX do IFPE e um grupo de estudantes do ensino fundamental (7 º ano A / 8 º ano A) e de ensino médio (1 º ano/2º ano A) da escola em estudo. Trata-se de uma pesquisa-ação, de abordagem qualitativa e caráter etnográfico. Como instrumentos de coleta de dados utilizaram-se questionários semi-estruturados, entrevistas, vídeografias, registros escritos e fotográficos. Foram realizadas palestras, oficinas e atividade prática, voltadas para o conteúdo de plantas medicinais, como atividades de formação. Constatou-se que a maioria dos professores de ciências da escola não inclui o conteúdo “plantas medicinais” em seus planejamentos pedagógicos, sendo também ausentes projetos ou atividades na área de educação ambiental na escola. Identificou-se o interesse dos estudantes em estudar e aprofundar seus conhecimentos sobre plantas medicinais. Observou-se que as atividades de formação ofertadas aos estudantes contribuíram significativamente para a ampliação do conhecimento e o resgate da cultura tradicional das plantas medicinais. A partir das necessidades identificadas na pesquisa, o presente trabalho mostra-se como uma proposta pedagógica, com caráter interdisciplinar, que pode vir a ser aplicada no espaço escolar, contemplando as disciplinas de biologia e química.pt_BR
dc.degree.levelmestradopt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record