Show simple item record

dc.creatorSilva, Fernanda Sobreira
dc.date.accessioned2022-11-10T02:01:02Z
dc.date.available2022-11-10T02:01:02Z
dc.date.issued2021-12-16
dc.identifier.citationSILVA, Fernanda Sobreira. Avaliação da proposta de enquadramento através do ice em reservatórios da bacia do Ipojuca, em Pernambuco, Brasil.21f.2021. (Curso de Especialização em Sustentabilidade Urbana) - Departamento Acadêmico de Cursos Superiores, Instituto Federal de Ciência e Tecnologia de Pernambuco, Recife, 2021.pt_BR
dc.identifier.urihttps://repositorio.ifpe.edu.br/xmlui/handle/123456789/744
dc.description.abstractThis article presents an evaluation of the proposed framework for the Pão de Açúcar, Pedro Moura Júnior (Belo Jardim), and Engenheiro Severino Guerra (Bituri) Agreste reservoirs and the Bita reservoir (belonging to the Metropolitan Region of Recife) in the river basin. Ipojuca, in Pernambuco, through the ICE (Framework Compliance Index). This study was carried out according to the framework indicated by the final report of the Proposal for the Framework of the Ipojuca River Basin (PEI), developed for the Pernambuco Water and Climate Agency (APAC) in 2019. The methodology consisted of consulting the PEI to identification of the proposed frameworks for the stretches where the reservoirs are located, survey of systematic water monitoring data carried out by APAC, from 2011 to 2019, consultation of CONAMA Resolution No. 357 of 2005 and calculation of the ICE. It was observed that the reservoirs located in the Agreste presented a satisfactory result, that is, closer to meeting the framework indicated in the PEI, but indicating that there is a tendency to degrade water quality, when analyzing the annual variation of the ICE. On the other hand, it was identified that the Bita reservoir presented the most restrictive framework and the highest degree of pollution, resulting in the lowest ICE value among the studied reservoirs, which indicates greater distance in achieving the objectives of the framework indicated in the PEI.pt_BR
dc.format.extent21f.pt_BR
dc.languagept_BRpt_BR
dc.relationALMEIDA, G. S.; OLIVEIRA, I. B. Application of the index WQI-CCME with data aggregation per monitoring campaign and per section of the river: case study— Joanes River, Brazil. Environmental Monitoring and Assessment, v. 190, n. 4, 2018. AMARO, C. A. Proposta De Um Índice Para Avaliaçào Da Qualidade Dos Corpos Hídricos Ao Enquadramento. Dissertação apresentada à Escola Politécnica da Universidade de São Paulo para obtenção do título de Mestre em Engenharia., p. 224, 2009. AMARO, C. A.; PORTO, M. F. DO A. Proposta De Um Índice Para Avaliaçào Da Qualidade Dos Corpos Hídricos Ao Enquadramento. XVIII Simpósio Brasileiro de Recursos Hídricos, p. 17, 2009. ANA. Panorama da Qualidade das águas superficiais do Brasil. Brasília: 2012. APAC. Proposta de enquadramento dos corpos d’água da Bacia Hidrográfica do Rio Ipojuca - Relatório Final. Agência Pernambucana de Águas e Clima, p. 97, 2019. ARAUJO, M. P. DE. A implantação da Unidade de Conservação Estação Ecológica Bita e Utinga da refinaria Abreu e Lima, no Porto de Suape-PE. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal de Pernambuco, p. 1–121, 2016. BARBOSA, A. DE G.; SANTOS, K. M. S.; MICHELAN, D. C. DE G. S. Avaliação da Sazonalidade da Qualidade da Água do Açude da Macela em Itabaiana/SE. Scientia cum Industria, v. 7, n. 2, p. 24–31, 2019. BĂRBULESCU, A.; BARBEŞ, L. Assessing the water quality of the Danube River (at Chiciu, Romania) by statistical methods. Environmental Earth Sciences, v. 79, n. 6, 2020. BASTOS, S. Q.; JUNIOR, A. A. B.; GOMES, B. S. DE M.; DINIZ, J. A. DE S. Evidências entre a qualidade das bacias hidrográficas e as características dos municípios de Minas Gerais. Revista de Economia e Sociologia Rural, v. 56, n. 1, p. 143–162, 2018. BILGIN, A. Evaluation of surface water quality by using Canadian Council of Ministers of the Environment Water Quality Index (CCME WQI) method and discriminant analysis method: a case study Coruh River Basin. Environmental Monitoring and Assessment, v. 190, n. 9, 2018. BITENCOURT, C.; FERNANDES, C.; GALLEGO, C. Panorama do enquadramento no Brasil: Uma reflexão crítica. Revista de Gestão de Água da América Latina, v. 16, n. 1, p. 9–9, 2019. BRASIL. Lei n°9.433 de 8 de janeiro de 1997. Instituí a política nacional de recursos hídricos e cria o Sistema Nacional de Gerenciamento de Recursos Hídricos, e dá outras providências. Diário Oficial da União. Seção 1. 09/01/1997. p. 470, 1997. CARNEIRO, F. M. F.; FRAGA, M. DE S.; REIS, G. B.; TOZI, T.; SILVA, D. D. DA. Proposta de enquadramento de corpos hídricos em classes de uso na bacia hidrográfica do rio Piranga utilizando geoprocessamento. Revista Brasileira de Geografia Física, v. 13, n. 05, p. 2491–2502, 2020. CCME. Canadian Water Quality Guidelines for the Protection of Aquatic Life. Canadian Council of Ministers od thr Environment, p.145, 2003 CNRH. Resolução n.o 91, de 5 de novembro de 2008. Diário Oficial, v. 2008, n. 053, p. 58–63, 2008. CONAMA. Resolução CONAMA n.° 357, de 17 de março de 2005* (Retificada). Conselho Nacional do Meio Ambiente, n. 204, p. 36, 2005. CORDEIRO-ARAÚJO, M. K.; FUENTES, E. V.; ARAGÃO, N. K. V.; BITTENCOURT OLIVEIRA, M. C.; MOURA, A. N. Dinâmica fitoplanctônica relacionada às condições CCME. Canadian Water Quality Guidelines for the Protection of Aquatic Life. Canadian Council of Ministers od thr Environment, p.145, 2003 CNRH. Resolução n.o 91, de 5 de novembro de 2008. Diário Oficial, v. 2008, n. 053, p. 58–63, 2008. CONAMA. Resolução CONAMA n.° 357, de 17 de março de 2005* (Retificada). Conselho Nacional do Meio Ambiente, n. 204, p. 36, 2005. CORDEIRO-ARAÚJO, M. K.; FUENTES, E. V.; ARAGÃO, N. K. V.; BITTENCOURT OLIVEIRA, M. C.; MOURA, A. N. Dinâmica fitoplanctônica relacionada às condições CCME. Canadian Water Quality Guidelines for the Protection of Aquatic Life. Canadian Council of Ministers od thr Environment, p.145, 2003 CNRH. Resolução n.o 91, de 5 de novembro de 2008. Diário Oficial, v. 2008, n. 053, p. 58–63, 2008. CONAMA. Resolução CONAMA n.° 357, de 17 de março de 2005* (Retificada). Conselho Nacional do Meio Ambiente, n. 204, p. 36, 2005. CORDEIRO-ARAÚJO, M. K.; FUENTES, E. V.; ARAGÃO, N. K. V.; BITTENCOURT OLIVEIRA, M. C.; MOURA, A. N. Dinâmica fitoplanctônica relacionada às condições ambientais em reservatório de abastecimento público do semiárido brasileiro. Revista Brasileira de Ciências Agrárias - Brazilian Journal of Agricultural Sciences, v. 5, n. 4, p. 592–599, 2010. ISLAM, N.; SADIQ, R.; RODRIGUEZ, M. J.; LEGAY, C. Assessment of water quality in distribution networks through the lens of disinfection by-product rules. Water SA, v. 42, n. 2, p. 337–349, 2016. LIMA, G. R. R.; SOUZA, S. DE O.; ALENCAR, F. K. M. DE; ARAÚJO, A. L. DE; SILVA, F. J. A. DA. O que comunicam os índices de qualidade de água e de estado trófico em um reservatório do semiárido brasileiro? Rev. Geociências, v.39, n.1, p.181-190, 2020. MENBERU, Z.; MOGESSE, B.; REDDYTHOTA, D. Evaluation of water quality and eutrophication status of Hawassa Lake based on different water quality indices. Applied Water Science, v. 11, n. 3, p. 1–10, 2021. OLIVEIRA, I. DA S.; PANTA, L. M. L. S.; BARBOSA, I. M. B. R.; SILVA, S. R. Índice de Conformidade ao Enquadramento nos Reservatórios Jucazinho, Bituri, Botafogo e Pirapama, em Pernambuco, Brasil. Revista Brasileira de Geografia Física, v. 11, n. 04, p. 1575–1584, 2018. PERNAMBUCO. Plano Hidroambiental da Bacia Hidrográfica do Rio Ipojuca Tomo IV: Resumo Executivo. Projetos Técnicos, p. 1–92, 2010. PORTO, M. F. A. Sistemas de gestão da qualidade das águas: uma proposta para o caso brasileiro. 2002. 131 p. Tese (Livre Docência) - Escola Politécnica, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2002 RODRIGUES, R. B. Gestão de Recursos Hídricos. Portal de Ecologia Aquática, Departamento de Ecologia, IB, USP . SETHY, S. N.; SYED, T. H.; KUMAR, A. Evaluation of groundwater quality in parts of the Southern Gangetic Plain using water quality indices. Environmental Earth Sciences, v. 76, n. 3, 2017. SILVA, A. C. Análise Morfométrica na Bacia Hidrográfica do rio Ipojuca/PE e sua relação Litoestrutural nos canais de drenagem. Revista GeoSertões, v. 6, n. 11, p. 108–130, 2021. SILVA, B. DE M. Modelagem hidrológica e hidrodinâmica para avaliação de inundações na zona urbana de Caruaru, PE. Dissertação (Mestrado) – Universidade Federal de Pernambuco. CTG. Programa de Pós-Graduação em Engenharia Civil, p. 108, 2019. SILVA, M. T. L. Aplicação do Índice de Conformidade ao Enquadramento (ICE) de cursos d’água. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal de Minas Gerais, p. 98, 2017. STRADA, D. C. Aplicação do IQA-CCME em série histórica de qualidade da água: Estudo de Caso das sub-bacias do Arroio do Salso e do Arroio Lami, RS. Universidade Federal do Rio Grande do Sul, p. 120, 2021. VON SPERLING, M. Vol 1 - Introdução a qualidade de água e tratamento de esgoto, 2ª Ed, Departamento de Engenharia Sanitária e Ambiental: Universidade Federal de Minas Gerais, p.243, 2014.pt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectíndicept_BR
dc.subjectConformidadept_BR
dc.subjectEnquadramentopt_BR
dc.subjectQualidade das águaspt_BR
dc.titleAvaliação da Proposta de enquadramento através do ICE em reservatórios da bacia do Ipojuca em Pernambuco, Brasilpt_BR
dc.typeTCCpt_BR
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/9946330736313461pt_BR
dc.contributor.advisor1Barbosa, Ioná Maria Beltrão Rameh
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/3171196198128324pt_BR
dc.contributor.referee1Barbosa, Ioná Maria Beltrão Rameh
dc.contributor.referee2Goés, Valeria Camboim
dc.contributor.referee3Tavares, Bianca Silva
dc.contributor.referee1Latteshttp://lattes.cnpq.br/9946330736313461pt_BR
dc.contributor.referee2Latteshttp://lattes.cnpq.br/2354158957773460pt_BR
dc.contributor.referee3Latteshttp://lattes.cnpq.br/8168094725713443pt_BR
dc.publisher.departmentRecifept_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.subject.cnpqOUTROSpt_BR
dc.description.resumoEste artigo apresenta uma avaliação da proposta do enquadramento dos reservatórios do Agreste pernambucano Pão de Açúcar, Pedro Moura Júnior (Belo Jardim), e Engenheiro Severino Guerra (Bituri) e do reservatório Bita (pertencente à Região Metropolitana do Recife) na bacia hidrográfica do rio Ipojuca, em Pernambuco, através do ICE (Índice de Conformidade ao Enquadramento). Este estudo foi realizado em função do enquadramento apontado pelo relatório final da Proposta de Enquadramento da bacia do rio Ipojuca (PEI), desenvolvido para a Agência Pernambucana de Águas e Clima (APAC) em 2019. A metodologia constituiu-se na consulta à PEI para identificação aos enquadramentos propostos aos trechos em que os reservatórios se encontram, levantamento dos dados de monitoramento sistemático da água realizado pela APAC, no período de 2011 a 2019, consulta à Resolução CONAMA n° 357 de 2005 e cálculo do ICE. Observou-se que os reservatórios localizados no Agreste apresentaram um resultado satisfatório, ou seja, mais próximos de atendimento ao enquadramento apontado na PEI, porém indicando que há uma tendência à degradação de qualidade da água, quando analisado a variação anual do ICE. Por outro lado, identificou-se que o reservatório Bita apresentou o enquadramento mais restritivo e maior grau de poluição, resultando no valor de ICE mais baixo entre os reservatórios estudados, o que indica maior distância no alcance dos objetivos do enquadramento apontado na PEI.pt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record