Show simple item record

dc.creatorFerreira, Elanna Beatriz Americo
dc.date.accessioned2021-09-16T12:18:54Z
dc.date.available2021-09-16T12:18:54Z
dc.date.issued2021-08-17
dc.identifier.citationFERREIRA, Elanna Beatriz Americo. Inovação em tecnologias emergentes para a educação: uma revisão da literatura produzida no brasil. 2021. 52 f. Monografia (Especialização) - Curso de Especialização em Desenvolvimento, Inovação e Tecnologias Emergentes, Campus Jaboatão dos Guararapes, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Pernambuco, Jaboatão dos Guararapes, 2021.pt_BR
dc.identifier.urihttps://repositorio.ifpe.edu.br/xmlui/handle/123456789/362
dc.description.abstractIn view of the adverse situations that the world has been facing, Information and Communication Technologies have been a great ally for achieving success, whether in the economic, social, political or educational scope. With this, the relevance in directing studies in terms of innovation for this context is notorious, thus, this research cuts to the educational scope, due to the emergence in problematic moments, for example, pandemics that require social isolation. Thus, the objective is to present an overview of scientific development on innovation in emerging technologies for the area of early childhood education. Therefore, it was necessary to establish a methodological delimitation as the approach is characterized as an exploratory-descriptive study, as it aims to deepen a specific look at the aforementioned discussions, as the nature is suitable for a qualitative and quantitative study, since data is worked both in collection and in filters and qualitative analysis, and as for the purposes, it brings the character of applied research. Additionally, it was necessary to draw a methodological strategy based on bibliometric study and content analysis to carry out the collection and processing of data in a structured way in order to obtain significant results, considering the Google Scholar database. Based on the aforementioned assumptions, it was possible to identify that the quantity and approaches of scientific production in the area in question can still be improved, considering that out of 351 records returned for analysis, only 172 were related to the content and 20 dealt with teaching technologies with proposals for technological innovations relevant to that context. Therefore, this research contributes significantly to discussions in the area of information technology, especially for the importance of developing emerging technologies within the context of education, more specifically in early childhood education. In addition, this research promotes the relevance and discussion of development, innovation and emerging technologies, an area consistent with the specialization in question.pt_BR
dc.format.extent52 f.pt_BR
dc.languagept_BRpt_BR
dc.relationALMEIDA, M. E. B. Tecnologia de Informação e Comunicação na Escola: novos horizontes na produção escrita. (2004). Disponível em: <www.iar.unicamp.br/disciplinas/mm.../doc/TI%20e%20CM%20na%20escola.doc>. Acesso em: 20 out. 2020. ALMEIDA, L. H. de; MOLL, J. Aproximações entre Educação Integral e Ciência, Tecnologia e Sociedade (CTS). Rev. Ciências. Humanas, v. 19, n. 2, p. 118-142, 2018. BATES, T. Más allá del teclado. In: EPPER, Rhonda; BATES, Tony (Coords.). Enseñar al profesorado como utilizar la tecnología: buenas prácticas de instituciones líderes. Barcelona: Editorial UOC, 2004. p. 171-182. BARDIN, L. Análise de conteúdo. ed. rev. e actual. Lisboa: Edições 70, 2008. BIANCHI, P; PIRES, G. de. L. Possibilidades para o ensino-aprendizagem com TICs na Educação Física escolar: uma experiência com blogs. Cadernos de Formação RBCE, v. 1, n. 2, p. 45-55, 2010. BRASIL. MINISTÉRIO DA SAÚDE. (org.). Coronavírus: ações do governo federal na luta contra a pandemia. Ações do Governo Federal na luta contra a pandemia. 2020. Disponível em: https://www.gov.br/cgu/pt-br/coronavirus/governo-federal. Acesso em: 25 mar. 2021. CASTELLS, M. A era da informação: economia, sociedade e cultura. In: A Sociedade em rede. São Paulo : Paz e Terra, 2003. v. 1 DIAS, G. A; CAVALCANTI, R. de. A. As tecnologias da informação e suas implicações para a educação escolar: uma conexão em sala de aula. Revista de Pesquisa Interdisciplinar, v. 1, ed. especial, p. 160-167, 2016. DOWBOR, L. Tecnologias do Conhecimento: os desafios da educação. Petrópolis/RJ: Editora Vozes Ltda., 2001. FARIAS, S. C. Os benefícios das Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC) no processo de Educação a Distância (EAD). RDBCI: Revista Digital de Biblioteconomia e Ciência da Informação, Campinas, SP, v. 11, n. 3, p. 15–29, 2013. DOI: 10.20396/rdbci.v11i3.1628. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/rdbci/article/view/1628. Acesso em: 04 ago. 2021. FERREIRA, J. R. O impacto da tecnologia da informação sobre o desenvolvimento nacional. Ci. Inf., Brasília, 23(1): 9-15, jan./abr. 1994. FREEMAN, C; PEREZ, C. Structural crisis of adjustment: business cycles and investment behaviour. In: DOSI, G. et al. (orgs.). Technical change and economic theory. London: Pinter Publishers, 1988. FUCK, M. P; VILHA, A. M. Inovação Tecnológica: da definição à ação. Contemporâneos: Revista de Artes e Humanidades, Santo André, v. /, n. 9, p. 1-21, abr. 2012. Disponível em: https://revistacontemporaneos.com.br/n9/dossie/inovacaotecnologica.pdf. Acesso em: 18 ago. 2021. FREIRE-MAIA, N. A ciência por dentro. 5. ed. Rio de Janeiro : Vozes, 1998. GARFIELD, J. B.; BEN-ZVI, D. A framework for teaching and assessing reasoning about variability. Statistics Education Research Journal, 4, 92-99, 2005. GIL, A. C. G. Métodos e Técnicas de Pesquisa Social. Atlas, 2008. GONÇALVES, J. R. et al. A evolução da tecnologia na educação. Revista Processus de Estudos de Gestão, Jurídicos e Financeiros, v. 10, n. 37, p. 21-34, 2019. GONÇALVES, E. M. R.; BRITO, A. L. F. M. Ensino remoto na Educação Infantil em tempos de pandemia: reflexões acerca das novas formas de ensinar. Revista Práxis, v. 12, n. 1 (Sup.), dezembro, 2020 HAMEL, G. The Future of Management. Boston: Harvard Business School Pub., 2007. HARGREAVES, A. O ensino na Sociedade do Conhecimento: A Educação na Era da Insegurança. Porto: Porto Editora, 2003. KENSKI, V. M. Tecnologias e ensino presencial e a distância. 3. ed. Campinas, SP. Papirus, 2003. LIBÂNEO, J. C. Adeus professor, adeus professora? Novas exigências educacionais e profissão docente. 13. ed. São Paulo: Cortez, 2004. LITWIN, Edith. Tecnologia educacional: políticas, histórias e propostas. Porto Alegre: Artes Médicas, 1997. LONGO, W. P. Tecnologia e soberania nacional. São Paulo : Ed. Nobel, 1984. LÜCKE, N. C. F. S. A importância do estímulo no desenvolvimento da criança. Revista Científica Multidisciplinar Núcleo do Conhecimento. Ano 04, Ed. 06, Vol.12, pp. 33-44. Junho de 2019. Disponível em< https://www.nucleodoconhecimento.com.br/educacao/desenvolvimento-da-crianca>. Acesso em: 06 out. 2020 MORAN, J. M.; MASSETTO, M. T.; BEHRENS M. A. Novas tecnologias e mediações pedagógicas. Campinas, SP. Papirus, 2012. NORMAN, D. A.; SPOHRER, J. C. Learner-Centered Education. Communications of the ACM, v.39, n.4, p.24-27, 1996 OLIVEIRA, J. J. de. Ciência, tecnologia e inovação no Brasil: poder, política e burocracia na arena decisória. Revista de Sociologia e Política, [S.L.], v. 24, n. 59, p. 129-147, set. 2016. FapUNIFESP (SciELO). http://dx.doi.org/10.1590/1678- 987316245907. PACTI – Plano de Ação 2007-2010: Ciência, Tecnologia e Inovação para o Desenvolvimento Nacional, elaborado pelo Ministério da Ciência e Tecnologia (MCT). PEDRÓ, F. Modelos pedagygicos y cultura digital: aprender de los alumnos. Ruta Maestra, Bogotá, n. 9, 13-16, 2015. PORTER, M. Clusters and the new economics of competition. Harvard Business Review, nov-dec, 1998. pp 77-90. POZO, J. I. A sociedade da aprendizagem e o desafio de converter informação em conhecimento. In: Revista Pátio. Ano VIII – Nº 31- Educação ao Longo da Vida - Agosto à Outubro de 2004, 2004. REIS, Simone Rocha; SANTOS, Felipe Alan Souza; TAVARES, Jorge Alberto Vieira. O uso das TICs em sala de aula: uma reflexão sobre o seu uso no colégio Vinícius de Moraes/São Cristóvão. 3º Simpósio Educação e Comunicação. Infoinclusão: possibilidades de ensinar e aprender. De 17 a 19 de Set. de 2012. RICOY, M. C.; COUTO, M. J. V. S. As boas práticas com TIC e a utilidade atribuída pelos alunos recém-integrados na universidade. Educ. Pesqui. vol.40 no.4 São Paulo Oct./Dec. 2014 Epub Feb 21, 2014. RIBAS, D. A Docência no Ensino Superior e as Novas Tecnologias. Revista Eletrônica Lato Sensu – Ano 3, nº1, março de 2008. RODRIGUES, A. M. M. Por uma filosofia da tecnologia. In: Grinspun, M.P.S.Z.(org.). Educação Tecnológica - Desafios e Pespectivas. São Paulo: Cortez, 2001: 75-129. SANCHO, J. M. Tecnologias para Transformar a educação. Tradução Valério Campos- Porto Alegre - RS. Artmed, 2006. SANTOS, G. L. Ensinar e aprender no meio virtual: rompendo paradigmas. Educação e Pesquisa, São Paulo, v. 37, n. 2, p. 307-320, 2011. SANTO, Sandra Aparecida Cruz do Espírito. MOURA, Giovana Cristina de. SILVA, Joelma Tavares da. O uso da tecnologia na educação: Perspectivas e entraves. Revista Científica Multidisciplinar Núcleo do Conhecimento. Ano 05, Ed. 01, Vol. 04, pp. 31-45. Janeiro de 2020. ISSN: 2448-0959, Link de acesso: https://www.nucleodoconhecimento.com.br/educacao/uso-da-tecnologia SCHUMPETER, J. Teoria do desenvolvimento econômico. São Paulo: Abril Cultural, 1988. SOARES-LEITE, W. S; NASCIMENTO-RIBEIRO, C. A. do. A inclusão das TICs na educação brasileira: problemas e desafios. Magis. Revista Internacional de Investigación en Educación, v. 5, n. 10, p. 173-187, 2012. SOUZA, V. V. de; PEREIRA, E. C; MACHADO, C. C. A presença da tecnologia na Educação do Campo: mapeamento da produção científica nacional dos últimos cinco anos. Rev. Bras. Educ. Camp., v. 3, n. 1, p. 245-259, 2018. STEENSMA, H. K. Acquiring technological competencies through inter-organizational collaboration: na organizational learning perspective. Journal of Engineering and Technology Management, v. 12, p. 267-86, 1996. TAKAHASHI, T. Inclusão social e TICs. Inclusão Social, v. 1, n. 1, p. 56-59, 2005. TOMÉ, T. A importância da Tecnologia no aprendizado infantil. DINO - Divulgador de notícias. 2013. Disponível em:<htps://www.dino. com.br/releases/aimportancia-da-tecnologia-no-aprendizado-infantildino8902670131/pdf>. TORI, R. Educação sem distância: as tecnologias interativas na redução de distâncias em ensino e aprendizagem. São Paulo: Editora do SENAC, 2010. TRINDADE, R. Os benefícios da utilização das TIC no Ensino Superior: a perspectiva docente na E-Learning. Educar em Revista, Curitiba, Brasil, Edição Especial n. 4/2014, p. 211-233. UTTERBACK, J. The dynamics of product and process innovation in industry. In: HILL, C; UTTERBACK, J. Technological innovation for a dynamic economy. New York, Pergamon Press, 1983. pp 40-65. VELHO, L. M. S. Estratégias para um sistema de indicadores de C&T no Brasil. Parcerias Estratégicas -, [s. l], v. /, n. 13, p. 109-121, dez. 2001. Disponível em: http://seer.cgee.org.br/index.php/parcerias_estrategicas/article/viewFile/207/201. Acesso em: 05 abr. 2021. VERASZTO, E.S; DIRCEU, M; NONATO, S.F. (2008). Tecnologia: Buscando uma definição para o conceito Technology: Looking for a definition for the concept. Prisma.com - Revista de Ciências e Tecnologias de Informação e Comunicação do CETAC.MEDIA. 7. 60-85. VIEIRA, R. S. O papel das tecnologias da informação e comunicação na educação: um estudo sobre a percepção do professor/aluno. Formoso - BA: Universidade Federal do Vale do São Francisco (UNIVASF), 2011. v. 10, p.66-72. VILHA, A. M. Gestão da Inovação na Indústria Brasileira de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos: Uma Análise sob a Perspectiva do Desenvolvimento Sustentável. Tese de Doutorado apresentada ao Departamento de Política Científica e Tecnológica, Instituto de Geociências – UNICAMP, Campinas, 2009. VILHA, A. M. Gestão de Inovação nas Empresas. São Paulo: Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial - Prefeitura de Diadema - SINDIPLAST - SINDIBOR, 2010. WAINER, J. Métodos de pesquisa quantitativa e qualitativa para a ciência da computação, em JAI 2007. Jornada de Atualização em Informática, Anais do XXVII Congresso da Sociedade Brasileira de Computação. WOLFE, R. Organizational innovation: review, critique and suggested research directions. Journal of Management Studies. 31:3, May, 1994. YIN, R. K. Estudo de Casos: Planejamento e métodos. Porto Alegre: Bookman.pt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectDesenvolvimento tecnológicopt_BR
dc.subjectInovação e desenvolvimentopt_BR
dc.subjectEducaçãopt_BR
dc.subjectEducação infantilpt_BR
dc.titleInovação em tecnologias emergentes para a educação: uma revisão da literatura produzida no Brasilpt_BR
dc.typeTCCpt_BR
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/6041711892913871pt_BR
dc.contributor.advisor1Nascimento Júnior, Francisco do
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/6683834339342079pt_BR
dc.contributor.referee1Nascimento Júnior, Francisco do
dc.contributor.referee2Cabral, Luciano de Souza
dc.contributor.referee3Silva, Maria Carolina Torres da
dc.contributor.referee1Latteshttp://lattes.cnpq.br/6 683834339342079pt_BR
dc.contributor.referee2Latteshttp://lattes.cnpq.br/9 195362898891079pt_BR
dc.contributor.referee3Latteshttp://lattes.cnpq.br/6 577076443532261pt_BR
dc.publisher.departmentJaboatão dos Guararapespt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.subject.cnpqCIENCIAS EXATAS E DA TERRA::CIENCIA DA COMPUTACAO::METODOLOGIA E TECNICAS DA COMPUTACAOpt_BR
dc.description.resumoDiante das situações adversas que o mundo vem enfrentando, as Tecnologias de Informação e Comunicação têm sido uma grande aliada para o alcance de sucesso, seja no âmbito econômico, social, político ou educacional. Com isso, faz-se notório a relevância no direcionamento de estudos em termos de inovação para este contexto, assim, essa pesquisa faz um recorte para o âmbito educacional, devido a emergência em momentos problemáticos, como exemplo, pandemias que exigem isolamento social. Deste modo, o objetivo está em apresentar um panorama do desenvolvimento científico sobre a inovação em tecnologias emergentes para a área da educação infantil. Para tanto, fez-se necessário a delimitação metodológica quanto à abordagem caracteriza-se como um estudo exploratório-descritivo, pois visa aprofundar um olhar específico acerca das discussões supracitadas, quanto à natureza adequa-se a um estudo qualitativo e quantitativo, uma vez que trabalhamse dados tanto em coleta quanto em filtros e análises qualitativas e quanto aos fins traz o caráter de pesquisa aplicada. Adicionalmente, fez-se necessário traçar uma estratégia metodológica com base no estudo bibliométrico e na análise de conteúdo para realização da coleta e tratamento dos dados de modo estruturado a fim da obtenção de resultados significativos, considerando a base de dados do Google Acadêmico. Com base nos pressupostos referidos, foi possível identificar que o quantitativo e as abordagens das produções científicas na área em questão ainda podem ser aprimoradas tendo em vista que de 351 registros retornados para análise apenas 172 tinham relação com o conteúdo e 20 tratavam das tecnologias no ensino infantil com propostas de inovações tecnológicas relevantes para o referido contexto. Portanto, esta pesquisa contribui de modo significativo para as discussões da área da tecnologia da informação, mormente para a importância do desenvolvimento de tecnologias emergentes dentro do contexto da educação, mais especificamente no ensino infantil. Além disso, esta pesquisa fomenta a relevância e discussão de desenvolvimento, inovação e tecnologias emergentes, área condizente com a especialização em questão.pt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record