Show simple item record

dc.creatorSantos, Matheus Ferreira
dc.date.accessioned2023-05-31T14:17:16Z
dc.date.available2023-05-31T14:17:16Z
dc.date.issued2023-02-15
dc.identifier.citationSANTOS, Matheus Ferreira; SILVA, Walbete Beatriz de Lima Maia e. Rota das igrejas: aplicativo de guia turístico histórico-religioso das igrejas católicas do Sítio Histórico da cidade de Olinda - Pernambuco. 2023. 83 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Curso Tecnológico em Gestão de Turismo) – Instituto Federal de Ciência e Tecnologia de Pernambuco, Recife, 2023.pt_BR
dc.identifier.urihttps://repositorio.ifpe.edu.br/xmlui/handle/123456789/959
dc.description.abstractThe project proposes to create a tourist guide application focused on the route of historical and cultural tourism by the Catholic Churches of the Historic Site of the city of Olinda. Aiming to use this technology so that tourists and residents can connect with practicality about the historical and cultural knowledge as the appreciation and dissemination of these religious spaces. We used as a research method the field analysis in order to identify the 19 historic catholic churches, the attractions and tourist equipments located in the city, besides applying qualitative and quantitative questionnaires to find out data about the knowledge of these patrimonies and the use of the technology tool for tourism. Based on the results, we observed that the city houses several religious buildings with characteristics of the Brazilian colonization; however, some visitors are unaware of them due to lack of information. Therefore, it becomes necessary to create an application about the churches to facilitate access to informative content, and contribute to the visibility and visitation of these historical and religious heritage.pt_BR
dc.format.extent83 p.pt_BR
dc.languagept_BRpt_BR
dc.relationAGUIAR, Marina Rodrigues de; DIAS, Reinaldo. Fundamentos do Turismo. Campinas-SP: Alínea, 2002. ANDRADE, José Vicente. Turismo: Fundamentos e dimensões. 8. Ed. São Paulo: Ática, 2000. ASSOCIAÇÃO PROVIDA. Convento São Francisco de Olinda – PE. 2022. Disponível em: <https://www.siteprovida.com.br/2022/01/convento-sao- francisco-de-olinda-pe.html> Acesso em: 25 jan. 2023. BARBOSA, P. D.; MEDAGLIA, Juliana. Tecnologia digital, turismo e os hábitos de consumo dos viajantes contemporâneos. v. 4, número 2, 2020. Disponível em: <https://revistas.face.ufmg.br/index.php/mtr/article/view/5394>. Acesso em: 20 out. 2022. BANNER JÁ. Disponível em: <https://www.bannerja.com.br/> Acesso em: 25 jan. 2023. BARRETTO, Margarita. Cultura e turismo: discussões contemporâneas. 2ª ed. Campinas-SP: Papirus, 2014. BRASIL, Ministério do Turismo. Programa de Regionalização do Turismo - Roteiros Brasil. Secretaria Nacional de Politicas de Turismo.Turismo Cultural: Orientações Básicas. 3° edição. Brasília, 2010. BRASIL, Ministério do Turismo. Programa de Regionalização do Turismo. Roteiros Brasil. Secretaria Nacional de Politicas de Turismo. Coordenação Geral de Regionalização. Brasilia: 2007. Disponível em < http://www.ibam.org.br/media/arquivos/estudos/introducao_turismo.pdf>. Acesso em: 07 dez. 2022 BRASIL, Ministério do Turismo. Programa de Regionalização do Turismo. Programa de Regionalização do Turismo – Roteiros do Brasil. Cadernos de Turismo. Módulo Operacional 7 – Roteirização Turística. Brasília: Ministério do Turismo, 2007. Disponível em: <http://www.regionalizacao.turismo.gov.br/images/roteiros_brasil/roteirizacao_turistic a.pdf > Acesso em: 20 jan. 2023. BRASIL, Ministério do Turismo. Programa de Regionalização do Turismo. Programa de Regionalização do Turismo – Roteiros do Brasil. Cadernos de Turismo. Módulo Operacional 8 – Promoção e Apoio à Comercialização. Brasília: Ministério do Turismo, 2007. CÂMARA MUNICIPAL DE OLINDA. Plano Diretor de Olinda. 2020. Disponível em: <https://conjuntosurbanospe.com.br/wp-content/uploads/Lei-Complementar-no54-de- 2020_Plano-Diretor.pdf>. Acesso em: 20 out. 2022. CIDADE BRASIL. Município de Olinda. Disponível em: <https://www.cidade- brasil.com.br/municipio-olinda.html>. Acesso em: 02 jul. 2022 CONJUNTOS URBANOS DE PERNAMBUCO. Recife e Olinda. Disponível em: <https://conjuntosurbanospe.com.br/conjuntos-urbanos/recife-olinda/>. Acesso em: 20 out. 2022. COOPER, C.; FLETCHER, J.; FYALL, A.; GILBERT, D.; WANHILL, S. Turismo: princípios e práticas. 3ª ed. Porto Alegre: Bookman, 2007. DANTAS, Bruno Muniz. Tecnologia da informação turística. Rio de Janeiro: Seses, 2017. DIAS, Reinaldo. O turismo religioso como segmento do mercado turístico. In: DIAS, Reinaldo; SILVEIRA, Emerson J. S. da (Orgs). Turismo religioso: ensaios e reflexões. Campinas: Alínea, 2003. DIAS, Reinaldo. Turismo e Patrimônio Cultural: recursos que acompanham o crescimento das cidades. São Paulo: Saraiva, 2006. FIGUEREDO, Silvio Lima. Turismo Virtual?. In: PANOSSO NETTO, Alexandre; ANSARAH, Marília Gomes dos Reis. Segmentação do mercado turístico: estudos, produtos e perspectivas. Barueri, SP: Manole, 2009. FERREIRA, Estefânia Miranda; SANTOS, Saulo Ribeiro dos. Roteiro Turístico pelas Igrejas Católicas do Centro Histórico de São Luís (MA). Caxias do Sul, 2010. Disponível em: < https://shre.ink/cBN3 >. Acesso em: 25 maio 2022. GONÇALVES, Luiziânia da Silva. Guia de Turismo: Roteiros Turísticos. Governo do Estado do Ceará. Secretaria de Educação. Fortaleza: Ceará, 2018. Disponível em: <https://educacaoprofissional.seduc.ce.gov.br/images/material_didatico/guia_de_turi smo/guia_de_turismo_roteiros_turisticos_2019.pdf> Acesso em: 23 jan. 2023. GOOGLE. The 2014 traveler’s Decision. Google, 4 de Junho de 2014. Disponível em: < http://storage.googleapis.com/think/docs/2014-travelers-road-to- decision_research_studies.pdf>. Acesso em: 06 de nov. de 2022. GUEDES, Maria Tarcila Ferreira; MAIO, Luciana Mourão. Bem cultural. In: GRIECO, Bettina; TEIXEIRA, Luciano; THOMPSON, Analucia (Orgs.). Dicionário IPHAN de Patrimônio Cultural. 2. ed. rev. ampl. Rio de Janeiro, Brasília: IPHAN/DAF/Copedoc, 2016. HOUAISS, A.; VILLAR, M. S.; FRANCO, F. M.M. Minidicionário Houaiss da língua portuguesa. São Paulo: Moderna, 2019, p. 603. INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA. Cidades. 2022. Disponível em: <https://cidades.ibge.gov.br/brasil/pe/olinda/panorama>. Acesso em 06 jul. 2022. IPHAN - Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional. Centro Histórico de Olinda. Disponível em: <http://portal.iphan.gov.br/pagina/detalhes/33>. Acesso em: 05 jul. 2022. IPHAN - Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional. Centro Histórico de Olinda. Convento de São Franciso. Disponível em: <http://portal.iphan.gov.br//uploads/publicacao/12_roteiro_patrimonio_convento_sao _francisco_pe.pdf>. Acesso em: 28 jan. 2023. IPHAN - Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional. Centro Histórico de Olinda. Igreja da Sé. 2018. Disponível em: <http://portal.iphan.gov.br/uploads/publicacao/6_rota_patrimonio_igreja_da_se_olind a_pe.pdf>. Acesso em: 28 jan. 2023. IPHAN - Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional. Centro Histórico de Olinda. Monumentos e Espaços Públicos Tombados – Olinda (PE). Disponível em: <http://portal.iphan.gov.br/pagina/detalhes/1448>. Acesso em: 27 nov. 2022. IPHAN - Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional. Centro Histórico de Olinda. Mosteiro de São Bento. 2018. Disponível em: <http://portal.iphan.gov.br//uploads/publicacao/8_rota_patrimonio_mosteiro_sao_ben to_olinda_pe.pdf>. Acesso em: 28 jan. 2023. IPHAN - Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional. Centro Histórico de Olinda..Olinda. Disponível em: <http://portal.iphan.gov.br/pagina/detalhes/351/>. Acesso em: 05 jul. 2022. IPHAN - Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional. Centro Histórico de Olinda.. Rotas do Patrimônio, 2020. Disponível em: <http://portal.iphan.gov.br/uploads/publicacao/12_roteiro_patrimonio_convento_sao_ francisco_pe.pdf/>. Acesso em: 27 nov. 2022. JORNAL DO COMMERCIO DE PERNAMBUCO. Em Olinda, 484 anos de história se resumem a poucas horas de passeio. Disponível em: <https://jc.ne10.uol.com.br/canal/economia/turismo/noticia/2019/11/24/em-olinda- 484-anos-de-historia-se-resumem-a-poucas-horas-de-passeio- 393359.php#:~:text=A%20Prefeitura%20de%20Olinda%20estima,de%20R%24%202 37%2C71>. Acesso em: 13 out. 2022 LAVOR, Mabel de. Avaliações Google, 2022. Disponível em: <https://shre.ink/kZQ>. Acesso em: 10 maio 2022. MAGALHÃES, Aloísio. Secretário de Cultura: proposta de inscrição na lista do patrimônio mundial apresentado pelo Brasil. Olinda: 1981. MARTINS, L. P. Et alli. Tecnologia da Informação em Turismo e Hospitalidade, 2012. Disponível em: <https://www.aedb.br/seget/arquivos/artigos12/28816533.pdf>. Acesso em: 15 dez. 2022. MARTINS, Marcos. Conheça a preferência do turista Brasileiro ao viajar, 2019. Disponível em: <https://www.panrotas.com.br/mercado/pesquisas-e- estatisticas/2019/03/conheca-as-preferencias-do-turista-brasileiro-ao- viajar_162842.html>. Acesso em: 11 ago. 2022. MINISTÉRIO DO TURISMO. Turismo acumula alta de 36,9% em 2022. Gov.br, 16 de novembro de 2022. Disponível em: https://www.gov.br/pt-br/noticias/viagens-e- turismo/2022/11/turismo-acumula-alta-de-36-9-em- 2022#:~:text=O%20setor%20de%20turismo%20segue,o%20mesmo%20per%C3%A Dodo%20de%202021. >. Acesso em: 03 de jan. de 2023. NASCIMENTO, Dinara Silva. Percepção de turistas sobre os impactos do uso das tecnologias de turismo inteligente em destinos turísticos durante a pandemias da Covid-19. Natal, RN: 2021. Disponível em: <https://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/40846>. Acesso em: 13 out. 2022. O´BRIEN, James A. Sistemas de Informação e as decisões gerenciais na era da Internet. 2. ed. São Paulo: Saraiva, 2004. OLINDA. A cidade. Prefeitura de Olinda. 2022a. Disponível em: <https://www.olinda.pe.gov.br/a-cidade/historia/>. Acesso em: 02 jul. 2022. OLINDA. Guia Turístico. Prefeitura de Olinda 2022a. Disponível em: <https://www.olinda.pe.gov.br/guia-turistico/igrejas/>. Acesso em: 02 jul. 2022. OLIVEIRA, Christian Dennys Monteiro de. Turismo Religioso. São Paulo: Aleph, 2004. (Coleção ABC do Turismo). OLIVEIRA, E. J. Críticas em avaliações online crescem e devem preocupar. 2022. Disponível em: <https://www.revistahoteis.com.br/criticas-em-avaliacoes- online-crescem-e-devem-preocupar/>. Acesso em: 04 jan. 2023. OLIVEIRA, Evandro Marques de. Turismo histórico, uma das modalidades mais comuns no Brasil eno mundo. Disponível em: < https://www.passeios.org/dicas/turismo-historico/> Acesado em: 04 dez. 2022. ORGANIZAÇÃO MUNDIAL DO TURISMO. Tecnologia e Turismo: Impacto da tecnologia da informação no turismo. Disponível em: < https://www.unwto.org/pt/impacto-da-tecnologia-da-informacao-no-turismo>. Acesso em: 01 de jan. de 2023. PORTAL FOLHA DE PERNAMBUCO. Igrejas de Olinda receberão painéis táteis com informações turísticas para visitantes cegos e surdos. Disponível em: <https://www.folhape.com.br/noticias/igrejas-de-olinda-receberao-paineis-tateis-com- informacoes-turisticas/164376/> Acesso em: 28 jan. 2023. ROQUE, Maria Isabel. Viagem entre peregrinação e turismo. Disponível em: <http://amusearte.hypotheses.org/3194>. Acesso em: 11 ago. 2022. SANCTUARIA. Convento Franciscano Nossa Senhora das Neves, 2016. Disponível em: <https://sanctuaria.art/2016/02/11/convento-franciscano-de-nossa- senhora-das-neves-olinda-pe/>. Acesso em: 27 nov. 2022. SERPA, Esmeralda M. [et al]. Turismo, patrimônio e regionalização. São Paulo: Érica, 2019. SERVIÇOS E INFORMAÇÕES DO BRASIL. Destinos do Nordeste foram os mais procurados nos últimos meses, 2022. Disponível em: <https://www.gov.br/turismo/pt-br/assuntos/noticias/destinos-do-nordeste-foram-os- mais-procurados-nos-ultimos-dois-meses>. Acesso em: 16 nov. 2022. SERVIÇOS E INFORMAÇÕES DO BRASIL. Turismo acumula alta de 36,9% em 2022, 2022. Disponível em: < https://www.gov.br/pt-br/noticias/viagens-e- turismo/2022/11/turismo-acumula-alta-de-36-9-em-2022>. Acesso em: 16 nov. 2022. SILVEIRA, A. L. Et alli. Tecnologia da Informação em Turismo e Hospitalidade. In: l° Jornada Cientifica de Trabalhos acadêmicos Assesc. Florianó´polis – SC,2022. SIQUEIRA, E.; OLIVEIRA, I. Turismo e Comunicação: análise da oferta de aplicativos nos destinos de Diamantina e Ouro Preto. SOTRATTI, Marcelo Antônio. Turismo cultural e patrimônio cultural: aproximações e contrastes. Ed UERJ, Rio de Janeiro,2014, p.24. UNESCO. Centro Histórico da Vila de Olinda. Disponível em: <https://whc.unesco.org/en/list/189>. Acesso em: 20 out. 2022. UNESCO. Promulga a Convenção e Protocolo para a Proteção de Bens Culturais em Caso de Conflito Armado. Haia, 14 de maio de 1954. Disponível em: <https://en.unesco.org/sites/default/files/brazil_decreto_44851_11_11_1958_por_oro f.pdf>. Acesso em: 06 de nov. de 2022. VALLS, Josep-Francesc; BUSTAMANTE, Javier; GUSMÁN, Francisco & VILA, Mar. Gestão integral de destinos turísticos sustentáveis. Rio de Janeiro: Editora FGV, 2006.pt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.rightsAn error occurred on the license name.*
dc.rights.uriAn error occurred getting the license - uri.*
dc.subjectTurismo históricopt_BR
dc.subjectGuia turísticopt_BR
dc.subjectTurismo - aplicativopt_BR
dc.subjectTurismo - igrejaspt_BR
dc.subjectTurismo - Olindapt_BR
dc.titleRota das igrejas: aplicativo de guia turístico histórico-religioso das igrejas católicas do Sítio histórico da cidade de Olinda - Pernambucopt_BR
dc.typeTCCpt_BR
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/4673303726597259pt_BR
dc.contributor.advisor1Santos, Cláudia da Silva
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/9609256874213369pt_BR
dc.contributor.advisor-co1Silva, Lêda Cristina Correia da
dc.contributor.advisor-co1Latteshttp://lattes.cnpq.br/5053369819187201pt_BR
dc.contributor.referee1Silva, André Luís José da
dc.contributor.referee2Falcão, Ana Patrícia Siqueira Tavares
dc.contributor.referee1Latteshttp://lattes.cnpq.br/4179947502792033pt_BR
dc.contributor.referee2Latteshttp://lattes.cnpq.br/7408055813732416pt_BR
dc.publisher.departmentRecifept_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.subject.cnpqCIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::TURISMOpt_BR
dc.description.resumoO presente trabalho tem como proposta criar um aplicativo de guia turístico voltado para o roteiro de turismo histórico e cultural pelas Igrejas Católicas do Sítio Histórico da cidade de Olinda. Objetivando utilizar essa tecnologia para que os turistas e residentes possam se conectar com praticidade sobre o conhecimento histórico e cultural, tal como a valorização e divulgação a esses espaços religiosos. Adotou-se como método de pesquisa a análise de campo, a fim de identificar as 19 igrejas históricas católicas, os atrativos e equipamentos turísticos situados no município. Foi aplicado também questionários qualitativos e quantitativos para apurar dados a respeito do conhecimento a esses patrimônios e a utilização da ferramenta de tecnologia para meios turísticos. Com base nos resultados, observamos que a cidade abriga diversas edificações religiosas de características da colonização brasileira, porém, alguns visitantes desconhecem por falta de informações. Por isso, torna-se necessário a criação do aplicativo sobre as igrejas para facilitar o acesso aos conteúdos informativos, além de contribuir na visibilidade e visitação a esses patrimônios históricos e religiosos.pt_BR
dc.creator.name2Silva, Walbete Beatriz de Lima Maia e
dc.creator.Lattes2http://lattes.cnpq.br/8617962539055282pt_BR


Files in this item

Thumbnail
Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record