Show simple item record

dc.creatorLeal, Fernanda Cláudia Barboza da Silva
dc.date.accessioned2020-09-04T01:11:53Z
dc.date.available2020-09-04T01:11:53Z
dc.date.issued2019-08-14
dc.identifier.citationLEAL, Fernanda Cláudia Barboza da Silva. Vulnerabilidade à inundação na bacia hidrográfica do Rio Una – PE utilizando análise hierárquica de processo. 2019. 28 f. Trabalho Conclusão de Curso (Curso de Engenharia Civil) - Instituto Federal de Ciência e Tecnologia de Pernambuco, Recife, 2019.pt_BR
dc.identifier.urihttps://repositorio.ifpe.edu.br/xmlui/handle/123456789/201
dc.description.abstractThe mismatch between water resources management and land use planning results in disorderly occupation on river banks compromising the quality of life of society. The Una river basin has a history of flooding, highlighting the great importance of monitoring risk areas, which we intend to identify in the present study. The flood vulnerability map was developed using the methodology proposed by Saaty (1980) combined with map algebra performed in a geographic information system. In the hierarchical process analysis, the variables that most influenced were slope and hypsometry, followed by land use and, finally, pedology. The results show that the areas most vulnerable to flooding comprised mainly the lower elevation range in the basin and near the river bank. Flood-related problems can be minimized by adopting structural and non-structural measures combined with geoprocessing techniques.pt_BR
dc.format.extent28 p.pt_BR
dc.languagept_BRpt_BR
dc.relationAGÊNCIA PERNAMBUCANA DE ÁGUAS E CLIMA – APAC (Pernambuco). Recife: APAC, 2019. Bacia do Rio Una. Disponível em: http://www.apac.pe.gov.br/pagina.php?page_id=5&subpage_id=23. Acesso em 22 abr. 2019. BANCO MUNDIAL. Avaliação de perdas e danos: inundações bruscas em Pernambuco - Junho de 2010. Brasília, 2012. BORGES, M. P; CRUVINEL, A. S; FLORES, W. M. F; BARBOSA, G. R. Utilização de técnicas de geoprocessamento para a elaboração de cotas de inundações: estudo de caso do parque ecológico do rio Paranaíba. In: SIMPÓSIO BRASILEIRO DE SENSORIAMENTO REMOTO, 17., 2015, João Pessoa. Anais ... João Pessoa: SBSR, 2015. p. 5897- 5903. BRASIL. Lei nº 12608, de 10 de abril de 2012. Política Nacional de Proteção e Defesa Civil - Pnpdec. Brasília, DF: Presidência da República, [2012]. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2011-2014/2012/Lei/L12608.htm. Acesso em: 2 jun. 2019. CAMPIOLI, P. F.; VIEIRA, C. V. Avaliação do Risco a Inundação na Bacia Hidrográfica do Rio Cubatão do Norte, Joinville/SC. Revista Brasileira de Geografia Física, Recife, v. 12, n. 01, 2019, p. 124-138. EMPRESA BRASILEIRA DE PESQUISA AGROPECUÁRIA - EMBRAPA. Serviço Nacional de Levantamento e Conservação de Solos (Rio de Janeiro, RJ). In: REUNIÃO TÉCNICA DE LEVANTAMENTO DE SOLOS, 10. 2006, Rio de Janeiro. Súmula… Rio de Janeiro, 2006. 83 p. INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA – IBGE (Brasil). Manual Técnico de Pedologia. 2 ed. Rio de Janeiro: IBGE, 2007. Disponível em: http://www.agrolink.com.br/downloads/manual%20t%C3%A9cnico%20de%20pe dologia.pdf. Acesso em: 2 jun. 2019. LONGLEY, P. A.; GOODCHILD, M. F.; MAGUIRE, D. J.; RHIND, D. W. Sistemas e Ciência da Informação Geográfica. 3. ed. Porto Alegre: Bookman, 2013. MAGALHÂES, I. A. L; THIAGO, C. R. L; AGRIZZI, D. V; SANTOS, A. R. Uso de geotecnologias para mapeamento de áreas de risco de inundação em Guaçuí, ES: uma análise comparativa entre dois métodos. Cadernos de Geociência, v. 8, n. 2, 2011, p. 63-70. MIRANDA, N. M. G. Análise espacial da suscetibilidade à inundação da bacia hidrográfica do ribeirão do lipa-Cuiabá-MT. 2016. 62 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Sanitária e Ambiental) – Centro Tecnológico, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis. MONTEIRO, K. A.; BARROS, A. C. M.; MELO, R. F. T.; RAMOS, D. A. M. C.; NÓBREGA, R. S.; GIRÃO, O. Parâmetros morfométricos aplicados à bacia do rio una (Pernambuco-Brasil) para identificar susceptibilidade a enchentes. Revista Geográfica de América Central, v. 1, n. 52, 2014, p. 163-177. MOURA, A. C. M. Reflexões metodológicas como subsídio para estudos ambientais baseados em Análise de Multicritérios. In: SIMPÓSIO BRASILEIRO DE SENSORIAMENTO REMOTO, 13., 2007, Florianópolis, Anais..., São José dos Campos: INPE, 2007. p. 2899-2906. SANTOS, T. G.; VENTORINI, S. E. Mapeamento digital das áreas propícias às enchentes e inundações na bacia do Córrego do Lenheiro em São João del-Rei– MG. PerCursos, v. 18, n. 36, 2017, p. 95-124. SAATY, T. L. The analytic hierarchy process. New York: McGraw-Hill, 1980. REZENDE, P. S.; MARQUES, D. V.; OLIVEIRA, L. A. Construção de modelo no Qgis e utilização do método de processo analítico hierárquico–AHP para mapeamento de riscos à inundação na área urbana de Paracatu–MG. Caminhos de Geografia, v. 18, n. 61, 2017, p. 01-18. ROSS, J. L. S. Análise empírica da fragilidade dos ambientes naturais e antropizados. Revista do Departamento de Geografia, v. 8, n.1, 1994, p. 63-74. TOMINAGA, L. K. Desastres naturais: por que ocorrem? In. TOMINAGA, Lídia Keiko; SANTORO, Jair; AMARAL, Rosangela (Orgs.). Desastres Naturais: conhecer para prevenir. São Paulo: Instituto Geológico, 2009. Disponível em: http://www.igeologico.sp.gov.br/downloads. Acesso em: 25 mar. 2019. TUCCI, C, E, M. Hidrologia – Ciência e Aplicação. Editora da UFRGS/ Coleção ABRH, v. 4, 2001. 943 p. TUCCI, C, E, M; BERTONI, J, C (orgs). Inundações Urbanas na América do Sul. Porto Alegre: Associação Brasileira de Recursos Hídricos, 2003. Disponível em: http://www.cepal.org/samtac/noticias/documentosdetrabajo/5/23335/InBr02803.pdf. Acesso em: 25 mar. 2019.pt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectRecursos hídricospt_BR
dc.subjectSusceptibilidadept_BR
dc.subjectGeoprocessamentopt_BR
dc.titleVulnerabilidade à inundação na bacia hidrográfica do Rio Una - PE utilizando análise hierárquica de processopt_BR
dc.title.alternativeVulnerability to flood in the Una river water basin – pe using a hierarchical process analysispt_BR
dc.typeArticlept_BR
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/8550341783423539pt_BR
dc.contributor.advisor1Barbosa, Ioná Maria Beltrão Rameh
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/3171196198128324pt_BR
dc.contributor.referee1Silva, Ronaldo Faustino da
dc.contributor.referee2Carvalho, Vânia Soares de
dc.contributor.referee1Latteshttp://lattes.cnpq.br/7265569987870357pt_BR
dc.contributor.referee2Latteshttp://lattes.cnpq.br/0773387660250730pt_BR
dc.publisher.departmentRecifept_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.subject.cnpqENGENHARIAS::ENGENHARIA CIVILpt_BR
dc.description.resumoO descompasso entre o gerenciamento dos recursos hídricos e o planejamento do uso do solo resulta na ocupação desordenada nas margens dos rios comprometendo a qualidade de vida da sociedade. A bacia hidrográfica do rio Una possui um histórico de inundações, evidenciando a grande importância de monitoramento de áreas de risco, as quais se têm como objetivo identificar no presente estudo. O mapa de vulnerabilidade à inundação foi desenvolvido com auxílio da metodologia proposta por Saaty (1980) aliado à álgebra de mapas realizada num sistema de informações geográficas. Na análise hierárquica de processo, as variáveis que mais influenciaram foram a declividade e a hipsometria, seguidas do uso do solo e, por último, da pedologia. Os resultados obtidos demonstraram que as áreas de maior vulnerabilidade à inundação compreenderam principalmente a faixa de menor altitude no exutório da bacia e próximas à margem do rio. Problemas relacionados com inundações podem ser minimizados adotando se medidas estruturais e medidas não estruturais aliadas à técnicas de geoprocessamento.pt_BR


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record